10 benefícios do exercício físico

10 benefícios do exercício físico

Se precisa de mais um motivo para fazer exercício físico, a menopausa é um deles.

Durante a fase da pré e pós menopausa, fazer exercício físico é fundamental. O mesmo atua como adjuvante do nosso equilíbrio hormonal, tonifica o corpo e melhora a resistência física.

Os sintomas mais referenciados pelas mulheres na transição da menopausa são calor, suores, dificuldade em dormir, aumento do perímetro abdominal (gordura visceral), alterações no humor, menos desejo sexual, secura vaginal. A diminuição de estrogénios desencadeia estados de desânimo e depressão.

Um programa de exercício físico moderado tem uma ação eficaz anti-envelhecimento. Fazer exercício físico na menopausa ajuda a reduzir o risco de osteoporose, de doenças cardiovasculares, do risco de AVC, de hipertensão arterial, cansaço, insónias, stress e falta de libido.

A prática de exercícios aeróbicos (e.g. caminhada, dança, natação, bicicleta, associada a exercícios de força (e.g. exercícios localizados com cargas, musculação), vão beneficiar a diminuição da pressão arterial, do colesterol total e triglicéridos e no aumento do HDL (colesterol bom). Vai ainda contrariar a sarcopenia, isto é, perda da massa muscular, e a osteopenia/osteoporose (diminuição da densidade óssea) que se agravam com a idade. 

Os exercícios de tonificação perineal  (exercícios de Kegel e bolas chinesas) e os abdominais hipopressivos (sem pressão) ( low pressure fitness) e exercícios posturais devem fazer parte da rotina de treino da mulher. 

O treino de flexibilidade e mobilidade vai reduzir a perda da mobilidade, como com Pilates e Yoga.

A produção de endorfinas (brain feelgood neurotransmitters) e serotonina durante a prática de exercício físico traduz-se na sensação de bem-estar ao mesmo tempo que inibem stress e ansiedade.


10 benefícios do exercício físico:


- Melhoria da memória e função cerebral (todas as faixas etárias).

- Proteção contra várias doenças crónicas (p. ex  HTA e diabetes).

- Auxílio no controle de peso e diminuição da gordura visceral. 

- Redução da pressão arterial e melhoria da saúde do coração.  

- Melhoria da qualidade de sono.

- Melhoria da osteoporose.

- Redução da ansiedade e depressão.

- Combate da fadiga relacionada com o cancro.

- Melhoria da dor e rigidez das articulações.

- Manutenção da força e o equilíbrio muscular.

- Aumento da expectativa de vida


É essencial encarar o desporto como uma mudança permanente no seu estilo de vida!


Caso procure aconselhamento personalizado de como introduzir o exercício físico na sua rotina diária e que práticas são ideais para as suas necessidades específicas, marque uma Consulta Healthy Aging e nós aconselhamos. 

Voltar para o blogue

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.